Pages

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Sorte: Acreditar ou não???

O conceito em torno da sorte é um quase-sinônimo de destino, exibindo como principal diferença a divisão entre "boa sorte" e "má sorte" (quando se fala em destino, essa divisão é inadmissível) remetendo fatalmente, a um maquineísmo mundano, provavelmente controlado por forças sobrenaturais.
No entanto, imaginar que existe sorte é supor que existe a possibilidade de alteração do destino, conforme determinadas condições que geram os eventos (merecimento por exemplo) já que destino é que é o sinônimo de fatalidade, programação ou desígnio imposto por forças maiores, afetados por nossa atuação direta ou indireta.
Apesar da separação prática entre as palavras destino e sorte, elas são algumas vezes usadas semanticamente de forma idêntica, ou em hibridismo, como por exemplo: o sujeito mudou o seu destino para melhor. Jogou na mega sena.
As forças que dão origem às várias situações em torno da sorte derivam de realidades ou imaginários cosmogônicos, metafísicos, místicos, dedução que se obtém não do termo lexicografado, mas da crença popular.
A concepção de sorte é profundamente enraizada no imaginário popular, interferindo na conduta dos que nela acreditam, conforme a forma em questão.
Em muitas culturas, imagina-se que a sorte possa ser obtida através de artifícios mágicos, como ferraduras de cavalo, trevos de quatro folhas, amuletos, etc., confundindo-se muitas vezes com questões relativas à influência de forças do além-vida.
Culturas nômades como os ciganos utilizam-se de diversos métodos de leitura do futuro ou da sorte dos desavisados, com o mais comum objetivo de lhes arrancar algum valor pecuniário ou provisório, a despeito de muitos deles realmente acreditarem em tais eventos, e também praguejando ou bendizendo o destino dos que com eles se encontram (conforme o pagamento).
E você? acredita em "SORTE"?

Aproveite o dia de hoje, sexta-feira 13, para refletir!!! =)


4 comentários:

  1. Linda sexta-feira 13 pra vc DANIII :-)
    beijux

    Pri Costa

    ResponderExcluir
  2. Dani, hoje é sexta-feira 13, mas será um dia maravilhoso para mim, e para você, com a volta do maridón, né? ;)

    ResponderExcluir
  3. Oie Dani!! Eu acredito em sorte, mas chamo a minha sorte de Deus! E numa sexta-feira 13 do ano passado em maio, recebi o maior presente da minha vida! Minha filhota nasceu numa sexta-feira 13! huehehe beijoquinhas

    ResponderExcluir
  4. Sim, eu acredito em sorte e acredito tbm que a gente "atrai" as coisas boas e ruins pra gente.
    Linda sexta pra vc.
    Beijocas

    ResponderExcluir