Pages

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Sobre as dores de nossa vida...

Recebi esse texto de uma amiga querida, a Renata Ferreira, e resolvi compartilhar com vocês!
São dicas, ou podemos chamar de ensinamentos de um médico para seus pacientes!

O resfriado escorre quando o corpo não chora.
A dor de garganta entope quando não é possível comunicar as aflições.
O estômago arde quando as raivas não conseguem sair.
O diabetes invade quando a solidão doi.
O corpo engorda quando a insatisfação aperta.
A dor de cabeça deprime quando as dúvidas aumentam.
O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar.
A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.
As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas.
O peito aperta quando o orgulho escraviza
O coração enfarta quando chega a ingratidão.
A pressão sobe quando o medo aprisiona.
As neuroses paralisam quando a "criança interna" tiraniza.
A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.
Preste atenção!
O plantio é livre, a colheita, obrigatória, preste atenção no que você esta plantando, pois será a mesma coisa que irá colher!!
Normalmente acontece 3 dias após o "acontecido" descubra o que te prejudicou coloque para fora, em conversa com amigos ou com um profissional, que você se cura!!!
Assim sendo, desejo que você se cuide, porque sua saúde e sua vida dependem de suas escolhas!!!
Escolha ser feliz !!!



2 comentários: